Um olhar crítico sobre a baixada santísta e o mundo

31.1.06

Pastor vende igreja para comprar BMW nos EUA

Um pastor americano admitiu que vendeu a mais antiga igreja de sua cidade para ter dinheiro para comprar uma BMW. Ele fez acordo na Justiça para cumprir 18 meses de prisão pelo crime.

Randall Radic, 53 anos, declarou-se culpado para que os promotores cancelassem outras nove acusações contra ele. O pastor tem sido responsável pela Igreja da Primeira Congregação na cidade de Ripon há quase uma década antes de vender o local, em outubro do ano passado, por US$ 525 mil.

O pastor usou documentos falsos para provar que era dono do prédio, de propriedade da igreja. Ele usou os documentos para conseguir empréstimos também.

Antes do acordo feito com a promotoria, Radic poderia ser condenado a nove anos de prisão por dez crimes, incluindo duas acusações de roubo por apropriação, obtenção de propriedade com pretensões falsas, quatro acusações de falsificação de assinatura e duas acusações de uso de documentos fraudulentos.
O pastor continua preso na cadeia do condado de San Joaquin sob fiança de U$ 750 mil.